segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Receita || Pavlova de morangos com doce de ovos

Olá de novo meuzamores!
Não podia deixar de vir aqui e trazer-vos a receita da semana, antes de ir dormir. Esta pavlova foi um doce que eu fiz no dia do meu aniversário e é um doce que cai bem em qualquer altura.


A receita não é da minha autoria, é do Manel Luís Goucha que, para quem não sabe, tem um blog, o Cabaret do Goucha, onde ele fala um bocadinho de tudo, inclusive publica receitas, mas dei o meu toque especial, pois claro. Eu quando vi esta receita pela primeira vez fui logo testa-la, e desde então foi receita que ficou no meu coração, até rimou ahahahah.
Então vamos lá.

Ingredientes: 

  • 6 claras à temperatura ambiente
  • 250g de açúcar em pó (de confeiteiro, para as minhas lindas do Brasil)
  • 1 pitada de sal
  • 400 ml de natas
  • 150g de açúcar em pó
  • raspa de limão (opcional)
  • 6 gemas à temperatura ambiente
  • 100g de açúcar refinado
  • 100g de água
  • morangos q.b.
Preparação: 

1. Pré aquecer o forno a 150ºC
2. Bater as claras em castelo com a pitada de sal, a uma velocidade média.
3. Quando virarem a taça da batedeira e as claras não escorregarem é porque estão no ponto. Aqui, vão juntando as 250g de açúcar em pó aos poucos. 
4. Vão testando com uma espátula ou mesmo com a pá da batedeira para verem quando é que o merengue fica pronto. Quando mergulharem a espátula ou a pá da batedeira no creme, tirarem e ficar um bico firme na ponta, ou seja, o creme ficar firme, têm o merengue pronto.
5. Forrar um tabuleiro com papel vegetal (como eu não tinha em casa coloquei papel alumínio, quem não tem cão caça com gato) e colocar o merengue no papel de uma forma irregular, como se fizessem uma nuvem.
6. Levar ao forno por, mais ou menos, 1h. O merengue vai dourar, ganhar uma capa crocante e o interior ficará macio.
7. Quando estiver pronto, retira-se do forno e deixa-se arrefecer.
8. Enquanto isso, bate-se as natas com os 150g de açúcar em pó até atingir o ponto de chantilly e é aqui que colocam a raspa de limão, se quiserem.
9. Espalhar o chantilly sobre o merengue, cortar os morangos aos pedacinhos e espalhar por cima.
10. Para o doce de ovos basta juntar o açúcar e a água, levar a ferver durante uns 3 a 4 minutos, só para obter uma calda ligeira. Deixar arrefecer um pouco.
11. Dar uma leve batida às gemas com um garfo, e misturar um bocadinho da calda arrefecida. 
12. Depois é só juntar a mistura das gemas à restante calda e levar ao fogão, até que vire um creme ligeiramente espesso.
13. Deixa-se arrefecer e depois salpica-se por cima da pavlova, como na imagem.

É uma bomba calórica, eu sei, mas é maravilhoso sentir as diferentes texturas, o ácido dos morangos, a subtileza do chantilly, a crocância do merengue e maciez por dentro dele. A sério, é melhor nem pensar nisso porque ainda desmaio aqui, ahahahahah.
Eu não tirei foto a uma fatiazinha porque... epa porque não deu, foi mais forte que nós, afinfámos a pavlova até não restar praticamente nada. 

Espero que experimentem, que façam em casa e que gostem!

Beijinho amores, até amanhã





TAG || Completa a frase

Olá meuzamores!!
Tudo bem?
Hoje que está sol estou com a birra, mas isso é porque dormi miseravelmente e estou cheia de sono. Vim à bocadinho da consulta de rotina do Mateus e ainda senti o solzinho quente, está um dia bonito, por isso, aproveitem.
Entretanto vim responder a uma TAG, desta vez fui nomeada pela minha lindona Sílvia do blog A Chamarrita. Obrigada minha linda por te teres lembrado de mim!!!
Então, basicamente tenho de completar 15 frases e nomear 10 blogs para fazerem o mesmo.

1. Sou muito... teimosa. Eu já tinho falado sobre isto noutra TAG e não me canso de dizer, sou mesmo teimosa. Às vezes é bom, mas outras nem por isso.

2. Não suporto... amigas de pendura ou de part-time. Não lido mesmo nada bem com isto, chego até virar bicho quando me aparece uma alminha assim, gosto pouco que brinquem com os meus sentimentos, que entrem na minha vida por interesse ou só até eu servir e depois dispensarem-me como se fosse lixo.

3. Eu nunca... fui a Paris. É uma cidade que me diz muito, talvez porque toda a minha vida a romantizei, mas é um sonho que está na minha lista e hei-de realiza-lo um dia.

4. Eu já briguei... por um pedaço de bolo. Epa, se eu estou a comer é porque é meu! Detesto quando me perguntam "ah, o que é issooo?", reviro logo os olhos porque a seguir vem "dás-me um bocadinhoooo?". Pfffft, no.

5. Quando era criança... adorava ir para casa da minha avó materna, no verão eu e a minha prima tomavamos banho de mangueira no terraço enquanto a minha avó estava sentada à porta, depois dava-nos uma moedita para irmos aos gelados. Ai, fui tão feliz naquela casa.

6. Neste exato momento... estou com um sono do caroço e a pensar de como era tão bom quando não tinha filhos nem responsabilidades, só tinha que me preocupar em ir para a escola e comer. Comer é muito importante, ahahahahah.

7. Eu morro de medo... de morrer. Se eu morresse agora morreria com a sensação de que não vivi nada, de que deixei muito por fazer, especialmente o educar os meus filhos, eles sem mim iriam crescer de uma forma totalmente atabalhoada, sem rumo. Daí a morte me assustar tanto.

8. Eu sempre gostei de... doces. A sério, eu tenho um grave problema com doces.

9. Fico feliz quando... vou a coimbra passar fins de semana ou férias, adoro as minhas raízes, sinto-me verdadeiramente em casa.

10. Se eu pudesse... adotava todos os miúdos que estão em lares, mesmo os com deficiência. Se há coisa em que acredito é que as crianças vêm ao mundo para serem felizes.

11. Se eu pudesse voltar no tempo... não teria magoado algumas pessoas que eu sei que magoei, apesar de ter assumido os meus erros e lhes ter pedido desculpa.

12. Adoro... acampar. E isto foi uma descoberta bem recente, há cerca de 2 anos fui acampar para Oleiros e foi maravilhoso. O ano passado não fui porque estava gravidíssima e preferi não arriscar, mas este ano, se Deus quiser, irei de novo.

13. Quero muito viajar... para Paris. Já tinha dito né? Mas também sonho ir ao Brasil, um país que me é muito querido e nem sei bem porquê porque nunca lá fui! Nem tudo se explica.

14. Eu preciso... de dormir 10 a 12h por dia senão eu não funciono. Claro que desde que tenho filhos isto é uma miragem nos meus dias, mas nas férias ou nos fins de semana em que vou aos meus pais dá para dormir, e que bem que sabe!

15. Não gosto de ver... telejornais. Irritam-me pa cacete! O sensacionalismo, o apregoar as desgraças dos outros. Naaaa, não é para mim. In fact, eu nem vejo televisão, exceto o Cake Boss no TLC e assim (doces, pois claro).

Agora, nomear os blogs. Eu vou nomear:

Elisa, uma rapariga normal
A miúda sem saltos
Miss Coquete
La petite dani
Pieces of me
The Lost Louboutin
The [not so] girly girl 
Jessica Oliveira Make up
Do jeito da mi
Mundo Rose

E pronto, é isto amores.

Beijinho

domingo, 28 de fevereiro de 2016

|| Balanço da semana

Olá meuzamores!
Como está a correr esse fim de semana? Eu sei, está de chuva, com muito vento e frio, apetece o calor do solinho e ir passear, mas desde que estejam bem e com saúde é o que importa. Não tarda está aí o Verão, vão ver.
Hoje venho partilhar convosco o balanço da minha semana, que foi talvez das piores que já tive na minha vida, mas, ainda assim, houve coisas boas.
Comecei a semana doente com uma amigdalite que até bolhas na língua provocou, recebi um diagnóstico nada bom acerca do meu ouvido e dos riscos que enfrento, em que logo a seguir me revoltei e comecei a questionar tudo à minha volta, mas ao longo da semana fui-me acalmando um pouco. Uma das coisas que ainda hoje me surpreende, é a forma pragmática com que lido com os problemas, do tipo, eu vejo o meu barco pegar fogo mas arregaço logo as mangas para apagar o fogo sozinha, faça lá eu o que tiver de fazer! Ao longo dos anos, a minha capacidade de resiliência foi aumentando, de maneira que tanto me vejo a cair ao chão e estilhaçar-me toda, como a seguir vejo-me de pé a obrigar-me a viver quando o desânimo toma conta de tudo.
Esta semana, e na sequência de ter partilhado convosco o meu problema de saúde, descobri que estou rodeada de pessoas maravilhosas, mesmo que eu não conheça pessoalmente, muitos de vocês trouxeram-me palavras encorajadoras, deram-me colo, e isso é possível aqui na blogosfera. Não existem só pessoas más, as boas têm abundado por aqui. Por isso é que vos trato como se fossemos todos da mesma família, e somos.
Também vi que mais 20 se juntaram à família das bolinhas amarelas, a vós dou as boas vindas e agradeço-vos o voto de confiança.
Esta semana também fiz anos, 28. Epa, e o que me custa atualizar ali a descrição com o novo número. Envelhecer dá-me medo, e, infelizmente, ainda não foi este ano que consegui dar uma festa de arromba. Pode parecer ridículo mas nunca consegui fazer uma festa e juntar todas as pessoas que amo  na mesma sala a celebrarem mais um ano da minha vida. É um sonho que ainda está na lista. Acabei por fazer um jantarzinho só cá em casa, onde faltou o meu pai porque, por motivos pessoais, não pôde vir com a minha mãe passar as últimas 2 semanas onde ela foi o meu braço direito, esquerdo, tudo, mas foi um jantar bem passado onde convidei uma grande amiga que fiz na faculdade, há 3 anos atrás.
Como é hábito, não me oferecerem presentes (eu juro que não sou esquisita), acabei por oferecer a mim mesma uma paleta de sombras que andava a namorar já algum tempo, a chocolate bon bons da Too Faced que está à venda na Sephora, aproveitei e trouxe também um batom (porque eles nunca são demais) num tom que não tenho, um vinho bem escuro, depois mostro-vos.
O dia de hoje é que foi mais complicado porque a minha mãe regressou a Coimbra e custa-me sempre, mas acabei a semana um pouco mais animada, um pouco mais confiante, a não ver tudo tão negro. Eu sei que 3f vou ter uma nova consulta, uma nova opinião, vai ser mais um desgaste emocional, vai haver mais revolta e medo à mistura, mas estou aqui, e quero continuar a estar.
Deixo-vos algumas fotos do meu dia de anos e do meu mega presentão.






Eu sei que vocês não sabem, mas eu faço este tipo de bolos decorados (falarei sobre isto noutro post), este ano quis fazer um para mim com o tema Paris por ser uma cidade que desejo muito visitar e por me dizer muito, mas como estava em baixo e atacada pela amigdalite, acabou por sair uma coisa demasiado simples, nada do que eu tinha imaginado. Mas estava delicioso, modéstia à parte.
Todos os pormenores foram feitos por mim, tanto o interior como o exterior do bolo, inclusive a torre eiffel.


Isto, para quem não sabe, é Pavlova com morangos, chantilly e doce de ovos por cima. Sim, eu sei, uma bomba calórica mas, who cares, era o meu aniversário.


Tirei esta foto por brincadeira, mas se fosse comestível acho que não me segurava! ahahahah é a menina dos meus olhos.

E pronto, foi isto. Obrigado por estarem sempre aí! Gosto imenso de vocês.

Beijinho amores


sábado, 27 de fevereiro de 2016

Compras || Haul de Janeiro e Fevereiro

Olá meuzamores!
Tudo bem?
Ora, hoje trago-vos um vídeo onde vos mostro algumas coisinhas que vieram morar comigo no mês de Janeiro e Fevereiro, sendo que ele está a acabar.



Abaixo segue a lista dos produtos e dos preços.

Camisola - 12,90€ na C&A
Camisa - 14,90€ na C&A
Slip on - 11€ se não estou em erro na Primark
Mala - 11 ou 12€ já não me lembro ao certo também na Primark
Água Micelar da Avéne - 16,20€ na farmácia
Paleta "Shadow Box" da Urban Decay - 19,95€ na Sephora numa promoção
Esmalte da Avon - 3,95€ no catálogo da Avon em promoção
Primer Magyx - 9,95€ no catálogo da Avon em promoção
Base Revlon Colorstay - 24,90€ na loja Kitchen Makeup
Corretor Fit Me da Maybelline - 6€ e pouco no Pingo Doce
Brow Drama da Maybelline - 7€ e pouco no Pingo Doce
Esmalte da Catrice - 2,99€ na Well's
Kohl Kajal para olhos da Catrice nº 200 - 1€ e pouco na Well's
Lip Pencil Long Lasting nº 160 da Catrice - 2,29€ na Well's
Máscara de Pestanas "Glam and Doll" da Catrice - 4,59€ na Well's
Batom hidratante nº 12 candy love da Essence - não mais que 3€ na Well's
Batom hidratante nº 04 hidden secret da Essence - não mais que 3€ na Well's
Corretor da Flormar - 5€ e pouco na Flormar
Batom Ultimate Stay nº 060 Floral Coral da Catrice - 5,69€ na Well's

Vemo-nos no próximo vídeo!

Beijinho


quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Review || Produtos da Sigma coleção Nightlife by Camila Coelho

Olá meuzamores!
Voltei, desta vez com uma review. Esta já andava prometida desde que comprei estes produtos que vos vou apresentar, não só porque são muito falados nas redes sociais mas porque adoro a Camila Coelho e ela merece que falem das coisas boas que ela fez, em parceria com a Sigma.
Estou-vos a falar da paleta de sombras, do iluminador e do blush da coleção nightlife.


Há muito que sigo os dois canais da Camila Coelho e adoro-a. Quando soube que ela tinha lançado uma coleção com o nome dela, em parceria com a Sigma Beauty pensei "eu quero aquela coleção para mim". E vai daí, no natal passado, escolhi alguns produtos da coleção para oferecer a mim mesma.
Não sei se vocês sabem mas a Sigma tem revendedores pelo mundo afora, e o mais perto de nós é em Espanha. Encontrei a coleção da Camila, e outros produtos também da Sigma, neste site http://www.muchomaquillaje.com/ mas antes de encomendar fui à procura de informações sobre pessoas que tivessem encomendado ali e qual a opinião delas sobre o serviço de entrega etc, como li boas referências, arrisquei e encomemdei.
O tempo de entrega demorou 1 semana e meia, veio tudo muito bem acondicionado e os produtos intactos, e até tive direito a um pacotinho de conguitos, uns chocolatinhos super saborosos que eu já não comia desde a minha infância, tão bom.



O único precalço que tive foi com a empresa contratada pela loja online que faz as entregas em Portugal, o Senhor responsável pela entrega fez uns filmes do caroço. Primeiro ligou-me a perguntar se estava em casa nesse dia, eu disse que sim e ele disse que iria passar para entregar o pacote, não apareceu. Ok, secalhar não teve tempo então esperei que fosse no dia a seguir, não veio e nem disse mais nada. Acabei por lhe mandar um SMS a perguntar quando é que vinha entregar a encomenda, não respondeu.
No dia seguinte tentei ligar-lhe, atendeu, eu apresentei-me e disse o que queria e o homem disse "é engano, é engano" e desliga-me o telefone na cara. Pronto, aí passei-me.
Contactei a loja online e reportei a situação e eles foram super atenciosos e prestativos, contactaram a empresa de entregas e mandaram colocar a minha encomenda como entrega urgente (eu sei disto porque a loja online enviou-me os printscreens do contacto que fez com a empresa de transporte). O que é certo é que nesse mesmo dia, ao fim da tarde, apareceu o homem cá em casa a entregar-me a encomenda.
É assim, há pessoas que não gostam do que fazem e depois arrastam situações chatas, mas resolveu-se tudo rapidamente.
Agora, voltando aos produtos. Comecemos pelo iluminador, o After Glow.


Ele é um iluminador líquido e aplica-se com o pincel. É meio rosado com um fundo champanhe e espalha muito bem na pele. 
É um iluminador versátil, tanto dá para usar à noite como de dia, inclusive serve de base para o iluminador em pó. O cheiro é neutro, é um cheiro diferente mas não é nada de especial. 



Acho que pus pouco na mão e talvez se note pouco na foto, mas acreditem que ele é bem forte! Aliás, no vídeo acho que se nota bem no topo das maçãs do meu rosto. No site onde o comprei ele custou 12,95€.
Depois, outro produto que comprei foi o blush HotSpot.



Ele é uma cor de pêssego linda, tem alguns brilhinhos mas na pele não se nota, o que acontece ao misturar na pele é que dá-lhe um glow fantástico. O cheiro é agradável mas nada de especial, ou seja, não é intenso nem nada que se pareça.
Aquilo que eu mais adoro neste blush é que, além de ser facilmente transportável, eu posso estar com um aspeto horrível, especialmente naqueles momentos menos bons da vida, ou nos dias mais tristonhos em que até a minha pele está apagada, mas assim que coloco este blush ele dá-me uma aparência de saúde, como se estivesse fresca e leve, pronta para enfrentar qualquer coisa ahahahahha. Isto para não falar da sua pigmentação, a sério, ele é tão pigmentado que se não tiver cuidado ao aplica-lo fico com aspeto de quem levou duas chineladas nas fuças.



Este blush foi, é e continuará a ser o amor da minha vida, o meu top dos top's. No site da muchomaquillaje, ele custou 12,95€.
Por fim, mas nunca menos importante, comprei a paleta de sombras. Foi a minha primeira paleta cara e de qualidade que comprei, desde que me iniciei neste mundo fantástico da maquilhagem.


E que coisa mais linda!!! A sério. É uma paleta com 12 sombras, super versátil para levar na necessaire, dá para criar imensos looks e as cores disponíveis são super equilibradas, ou seja, a primeira fila de neutros que dá para o dia a dia, a segunda filha que é mais colorida, e por fim a terceira fila com cores mais metalizadas, ótimas para o típico olho esfumado. 
A pigmentação é excelente, a sério, é fantástica! Às vezes pode cair um bocadinho de pigmento, porque elas esfarelam um pouquinho, mas não é nada de especial. 






Eu amo esta paleta! Uso-a imenso, mesmo já tendo outras, mas recorro sempre a esta, para qualquer coisa. Mesmo a Camila, nos seus tutoriais, usa imenso a sua paleta, nem que seja para iluminar abaixo da sobrancelha ou marcar o côncavo. É a paleta dela, eu sei, mas ela diz que gosta imenso de a usar. O preço dela é de 40,95€ na muchomaquillaje.
Escusado será falar das embalagens, eu sou a louca das embalagens e estas aqui conquistaram-me logo à primeira vista. Até nisto a Camila teve tato, são embalagens cheias de glitter, cheias de glamour mas com a simplicidade natural, também típica da Camila.
Eu pretendo adquirir toda a coleção dela, mas tem que ser devagarinho porque ainda é bastante cara e isto tudo de uma vez pesa muito no bolso. São produtos de muita qualidade, sem dúvida, e valem bem a pena. 





E pronto amores, por hoje é tudo. Espero que tenham gostado desta review, fi-la com muito carinho para vocês.
Até ao próximo vídeo!

Beijinho



TAG || Liebster Award TAG

Olá meuzamores!
Voltei a ser nomeada para outra TAG, a segunda a que vou responder, e o que eu adoro TAG's. Acabo por conhecer um pouco mais de quem está por trás de um blog. Eu fui nomeada pela minha linda Dalila do blog The Lost Louboutin , és uma querida e agradeço-te imenso por te teres lembrado de mim!



As regras são: 

  • escrever 11 factos sobre ti
  • responder às perguntas de quem te indicou
  • indicar 11 a 20 blogues que tenham menos de 200 seguidores (porquê menos de 200? )
  • fazer 11 perguntas para quem indicar
  • colocar a imagem do selo 
  • colocar o link de quem te indicou

Ora, então vamos aos factos sobre mim (isto de falar de mim dava uma enciclopédia pá!):

1. Tenho que começar pelo pior (cof cof), sou uma teimosona, pró bem e pró mal, a sério, competir comigo neste quesito é perder na certa
2. Estou a tirar Licenciatura em Psicologia e pretendo especializar-me em clínica 
3. Não tenho paciência para moralismos, a sério, reajo muito mal a moralismos (just saying)
4. Sou péssima a cumprir horários, god, como é difícil ser pontual, deus me livre
5. Sou uma durona com coração demasiado mole, dificilmente mostro quando alguém ou alguma coisa mexe comigo (a vida assim me moldou)
6. Amo sushi, por mim comia disso todos os dias
7. Detesto aranhas, nem que sejam do tamanho da cabeça de um dedo, é o suficiente para gritar e coçar-me toda
8. Adoro bibliotecas, o cheiro, as estantes, os livros, por mim morava numa biblioteca (se não tivesse filhos e fosse rica, claro)
9. Ok, esta aqui vai soar mesmo weird: adoro o cheiro da gasolina, a sério, quando vou pôr combustível no carro é verem-me de cabeça levantada a snifar aquele cheiro do ar
10. Um dos meus sonhos é adotar uma criança 
11. Tenho medo de andar de avião. A primeira vez, e até agora única, que andei de avião a viagem durou 7h e à vinda para cá pus aquilo de pantanas por causa de um ataque de pânico por olhar pela janela e ver tudo escuro

Agora, as respostas às perguntas da Dalila

1. Qual a tua melhor qualidade?
Ser uma boa amiga. Eu costumo brincar dizendo que sou a amiga que todos querem ter quando tudo corre mal, mas isto tem um fundo de verdade. Eu estou sempre lá quando precisam de mim, incondicionalmente. São incontáveis as vezes que já deixei tudo pra trás, inclusive o meu filho mais velho para estar lá e dar colo quando precisaram de mim, depois quando tudo passa dão-me um pontapé no rabo, mas isso já são outros 500. Há quem diga que isto é uma grande qualidade, eu muitas vezes vejo um defeito porque não gosto de ser dispensada quando já não precisam de mim, mas pronto.

2. O que consideras imprescindível no teu dia a dia?
Dormir. Se eu não dormir pelo menos umas 10 a 12h ninguém me atura ahahahahah. Epa é verdade, eu preciso de dormir porque se não a coisa fica preta.

3. Se tivesses que escolher um objeto para te acompanhar até ao resto da vida, qual seria?
O diário onde escrevo sobre os meus filhos e as peripécias que vão acontecendo na minha vida e na deles. A longo prazo eu sei que a memória falha, vai-se dissipando, por isso nada melhor do que um "livro" para me relembrar do quanto fui e continuo a ser feliz com os meus filhos. 

4. Um alimento que detestes?
Cebola, definitivamente. 

5. Música que não te cansas de ouvir?
Clássica. Além de adorar este estilo de música é algo que nunca me cansa, está muito intrínseca em mim.

6. Como te imaginas daqui a 5 anos?
Imagino-me já formada na especialidade que ambiciono, a viver numa casa maior e outra vez grávida ahahahahahah epa sempre quis ter 4 filhos portanto, se a vida e o país me deixarem, vou fazer por isso. 

7. Se tivesses que viver sem uma rede social, qual seria?
O instagram, acho que seria o mais fácil de descartar.

8. Nome de rapaz preferido?
Gabriel, por isso é que o dei ao meu filho mais velho.

9. Que séries acompanhas?
Neste momento vejo Supernatural, X-files e In Treatment. Também andava a ver Minority Report e CSI Ciber mas depois deixaram de sair episódios e continuei a ver as outras três.

10. O que fazes quando precisas de inspiração?
Vou para perto do mar, o mar é o meu maior amigo e companheiro, acalma-me e inspira-me quando mais preciso. Tenho uma relação muito profunda com o mar.

11. Alguma vez pensaste em abandonar o blog?
Sim, e não há muito tempo. Há dias quando soube do meu problema de saúde pensei "e agora? não faz sentido continuar o blog, vou andar demasiado deprimida e preocupada com tudo isto, não vou conseguir dedicar-me", mas depois repensei melhor e desisti da ideia. Vocês são a minha família, seguem-me e respeitam-me, logo não faria sentido afastar-me e fechar-me com  esta dor e este medo só para mim, percebi que estou rodeada de pessoas maravilhosas que estão e querem estar comigo nesta altura mais frágil, e isto é o bonito da blogosfera.

Os meus nomeados: 

Se calhar muitos dos que vou nomear já devem ter sido nomeados, mas caso não tenham sido aqui fica a nomeação. 


Agora, as minhas perguntas para os blogs nomeados:

  1. Qual o teu maior defeito?
  2. Qual a tua viagem de sonho?
  3. O que é que não pode faltar na tua mala?
  4. Qual o filme ou livro que mais te marcou?
  5. Acreditas na vida após a morte?
  6. Qual a coisa mais bonita que já te aconteceu?
  7. Qual a tua música preferida?
  8. Se pudesses voltar atrás no tempo o que é que mudavas?
  9. Para ti, ser feliz é...?
  10. Como te vês daqui a 5 anos?
  11. O que é que não suportas?
E pronto, espero que gostem e que se divirtam a responder à TAG, tanto como eu me diverti.

Beijinho









quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Unhas || Esmalte (novo) da semana #6 e desabafo

Olá meus amores!
Como é que estão?
Eu cá estou, apreensiva, com medo, a ver o futuro enevoado, mas a única certeza que tenho é que quero tratar este maldito que trago no ouvido. Decidi marcar consulta com um novo especialista em Coimbra, não que eu não confie ou duvide do veredicto do meu otorrino, mas simplesmente porque me foi recomendado um especialista que também dizem ser muito bom e sobretudo opera no hospital público, o que é importante porque, infelizmente, o meu seguro de saúde não cobre quase nada em caso de cirurgia. Vamos ver o que ele dirá e qual a sugestão. Operar é quase certo, e se tiver que ser que assim seja porque, se eu não operar daqui a não muito tempo isto vai-me rebentar na cabeça e aí a salvação é pouca ou quase nenhuma, se eu operar tenho 50% de hipóteses para cada lado. Portanto, prefiro ficar com os meus 50% de correr bem do que ficar à espera que o pior aconteça.
O blog irá continuar, dentro das minhas possibilidades, porque também é aqui que encontro alguma paz, tranquilidade, normalidade. E vocês que me seguem também são a minha família, portanto, faz todo o sentido continuar aqui, perto de vós.
E por isso, hoje trago-vos as unhas da semana, que por norma é habitual trazer-vos à 3f mas como ontem estive muito ocupada em preparar um mini jantar cá em casa por ter feito anos, acabei por não vir aqui muito rapidamente. Desta vez deixei-as simples, até porque o esmalte é novo e eu queria ver como se comportava nas unhas.



O esmalte que eu usei é da Avon, de uma nova coleção que eles lançaram, o "speed dry 30", que promete uma secagem rápida em 30 segundos.



Eu escolhi o tom "Suddenlly Sunny ", é um amarelo um pouco fosco com um fundo de glitter que é muito subtil, mal se nota, a menos que estejamos a olhar fixamente para as unhas.
Ele cumpre o que promete, ou seja, a secagem é bem rápida, mas tem um único senão; é que precisei de aplicar 3 camadas para as unhas ficarem cobertas sem manchas.
Ainda assim surpreendeu-me muito porque nunca tinha passado 3 camadas de esmalte, até porque demora imenso a secar todas as camadas, mas este aqui, mesmo com 3, secou bem rápido.
Ainda vou encomendar outra cor para testar a cobertura, a ver se é por esta ser amarelo ou se é assim com todas as cores, e logo vos direi.
Apesar do único senão das 3 camadas, gostei muito deste esmalte, é bem bonito, primaveril, e tem ótima qualidade, aliás, como todos os esmaltes da Avon que comprei até hoje. A sério, se há coisa que a Avon tem é qualidade, e os esmaltes então são ótimos, e o pincel? Cinco estrelas, tem o tamanho perfeito para passar na unha e não borrar tudo à volta.
Eu comprei este por 3,95€ em promoção, o que para uma qualidade tão boa tem um preço excelente.

E vocês, conhecem ou usam algum esmalte da Avon?

Beijinho amores




terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

|| Parabéns para nós

Um dia especial a dobrar. Parabéns para mim, pelos meus 28 anos, e parabéns para ti, pelos teus 6 meses de vida, a fazeres-me sorrir, a completares-me, a ensinares-me como se ama de dentro para fora, todos os dias. 
O meu único desejo: saúde. E nunca este desejo me fez tanto sentido! 
Que Deus permita que a nossa felicidade continue, lado a lado, durante muitos outros anos.


|| A vida vive revoltada comigo

Hoje não vos trago nenhuma review, nenhum produto novo, nenhuma dica, nenhuma opinião ou peripécia da maternidade. Hoje trago-vos o medo, o pânico, a revolta, trago-vos uma partilha dura.
Quando estava grávida do Mateus, aos 5 meses ganhei uma otite súbita. Como eu e a dor de ouvidos não nos arranhamos, de maneira nenhuma, fui a uma urgência no Santa Maria, em Lisboa. Detectaram-me uma otite e prescreveram-me a medicação apropriada para uma grávida. Vim para casa, mas melhoras nem vê-las. Sei que num espaço de 3 dias mal dormi, com tanta dor, e o pouco que dormia era de exaustão e sentada no sofá, e nesses 3 dias andei sempre em urgências no hospital por não aguentar a dor. Até que a coisa lá passou, mas o ouvido continuava a purgar um líquido estranho, e resolvi ir a um otorrino privado, o Dr. Carlos Ruah. Ele lá me viu o ouvido e também ele prescreveu uma medicação, mas desta vez local, sem antibióticos orais, mas ele avisou-me logo que o que eu tinha era um granuloma timpânico (seja lá o que isso for) e que provavelmente só depois do parto é que ele iria conseguir tratar-me como deve ser, ou seja, vim pra casa, fiz o tratamento direitinho mas não passou e esperei até passar o parto para lá voltar.
Três meses após o Mateus nascer, voltei ao Dr. Carlos, e ele medicou-me com uma coisa mais forte. Fiz reação ao medicamento e ele mandou-me parar. Quando lá voltei para ser revista, mandou-me fazer uma TAC e pôs-me duas hipóteses em cima da mesa: ou tinha uma otite média crónica ou tinha um colesteatoma.
Fiz a TAC, a semana passada fui buscar o resultado, li o relatório, mesmo não percebendo muito do assunto, e lá estava ela, a palavra desconhecida do meu vocabulário mas estupidamente assustadora: colesteatoma.
Hoje fui à consulta com o Dr. Carlos Ruah e depois de analisar as imagens e ler o relatório confirmou-me, tenho um colesteatoma com uma extensão enorme no ouvido e a precisar de ser operada o quanto antes.
Para quem não sabe, um colesteatoma é um tumor benigno no ouvido, simplesmente porque não se espalha para outras regiões do corpo, exceto se corroer os ossículos do ouvido e chegar à meninge, estrutura membranosa que protege o cérebro.
Quando a infeção chega à meninge a coisa torna-se muito grave, podendo provocar meningite ou abcesso cerebral e puff...
Quando li no relatório que tenho um colesteatoma pensei "bem, isto foi detetado a tempo, portanto, opero isto e fica bom", até o médico me dizer a extensão do problema. Através da TAC ele conseguiu ver que este colesteatoma já aqui está há muito tempo, muito antes de estar grávida, e que foi a gravidez que fez o boom dos sintomas, e por isso, já tenho uma extensa erosão dos ossículos, inclusive aquele que separa o ouvido...da meninge, e uma grande perda auditiva (isto aqui já não é novidade para mim). A operação tem riscos porque o médico não sabe o quanto os nervos da face estão expostos nem a real dimensão dos estragos, pode correr tudo bem na operação como posso ficar sem ouvir por completo ou, na pior das hipóteses, ficar com o lado direito da cara paralisada.
Depois de ouvir tudo isto, eu não sei como é que cheguei a casa, não me lembro do caminho que fiz, não me lembro de pensar em nada, mas pensar em tudo ao mesmo tempo, as lágrimas corriam sem esforço, sem eu conseguir segura-las.
Ok, isto é operável. É uma boa notícia. Mas tem riscos dos quais, para mim, serão insuportáveis se eles vierem a acontecer. Uma operação tem sempre os seus riscos, obviamente, mas aquilo que mais me assusta, além das possíveis consequências, é levar anestesia geral e não voltar a acordar.
Se fosse só eu, sozinha, epa, que se lixe. Ia para a operação e fosse o que Deus quisesse. Mas tendo dois filhos pequenos a coisa muda de figura, eles não merecem e eu também não.
Hoje estou revoltada com a vida, talvez porque ela passa a vida revoltada comigo. Desde que me conheço não tenho tréguas, todos os anos aparece uma, duas ou mais que três coisas para eu "tourear", para bater de frente comigo, para me mandar pro fundo do poço, como se eu só pertencesse ali, ao escuro, à dor, ao abismo.
Hoje tenho vontade de mandar tudo à merda, fuck this shit. Estou cansada. Não merecia passar pelo tanto que já passei. Caramba, tenho uma vida inteira pela frente! Tenho 2 filhos. Tenho sonhos. Tenho vontade de viver.
Mas a vida parece-me querer roubar tudo, a paciência, o sorriso, a esperança, os sonhos, tudo.
Estou cansada de ver um rasto de sofrimento atrás de mim, de olhar lá para o fundo e ver as mesmas nuvens de sempre a perseguirem-me.
Vida, mas o que é que eu te fiz mulher? Já não chega?! Já não basta?!
Estou cansada.


domingo, 21 de fevereiro de 2016

|| Favoritos do mês de Janeiro

Olá meus amorinhos!
Estão bons?
Apesar dos últimos dias terem sido dias de sol radioso, estive tão apática, tão esquisita que nem vos conto. Mas pronto, há dias assim, que não apetece sair da cama, apesar de me obrigar a mexer e a manter-me ativa.
Resolvi passar por aqui para vos mostrar os meus favoritos do mês de Janeiro, não são muitas coisas até porque quando tenho favoritos eles ficam nesse patamar durante muito tempo, mas como gosto de partilhar o que vou usando com vocês, aqui está o vídeo onde vos mostro tudo.



Já sabem, se quiserem alguma review específica de algum produto é só dizerem!

Beijinho meus amores e bom fim de semana


quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Review || Máquina de Limpeza facial da Avon

Olá meuzamoooores!
Tudo bem?
Hoje trago-vos uma review fresquinha, daquelas mesmo boas (ó pra mim convencida). Eu mostrei este produto no vídeo dos meus favoritos de Dezembro de 2015 adivinha o que é? (claro, o título diz tudo ahahahah) Estou-vos a falar da máquina de limpeza facial da Avon.
Houve algumas pessoas curiosas com este produto, se realmente funciona em detrimento do uso das mãos, etc, portanto, decidi fazer um vídeo a mostrar como é que esta pequena maravilha funciona e onde dou a minha opinião em relação a ela e ao trabalho que faz.



Ora bem, ela vem numa embalagem linda, em rosa e branco, eu como sou a louca das embalagens logo por aí fiquei rendida. A máquina em si também é rosa e branca, tal como as escovas que a acompanham, e como são as minhas cores preferidas ainda mais ajudou à festa.
Esta máquina traz duas escovas: uma que é toda siliconada e que serve para a limpeza normal diária, e outra que tem umas fibras e que serve para esfoliar.



Eu comprei esta fofinha na Avon, na altura estava em promoção mas, sinceramente, não sei o preço dela sem estar em promoção. Comprei-a, no final de novembro, por 16,95€.
Sei que a Oriflame tem uma máquina idêntica, mas bem mais cara, 30 e poucos euros, mas soube que de volta e meia aparecem promoções, mas acredito que tanto uma como outro fazem o mesmo trabalho.
Esta máquina tornou-se a minha melhor amiga desde que ela veio morar comigo, ela substitui muito bem as mãos, facilita-me o trabalho todo e deixa-me a pele impecável. Onde noto mais diferença é quando esfolio a pele com a escova de esfoliar, basicamente, uso um esfoliante normal, aplico no rosto e depois é só passar a escova em todas as zonas, inclusive nos contornos do nariz, et voilá, pele perfeita em poucos minutos.



Normalmente, faço esfoliação duas vezes por semana (sim, a minha pele é muito exigente). No resto dos dias uso a escova de silicone: molho o rosto, espalho o gel de limpeza na cara e depois é só passar com a máquina. Às vezes a preguiça é muita e coloco o produto diretamente na escova e 'tá a andar.



Esta máquina tem somente duas velocidades, eu como tenho pouco tempo e paciência, uso sempre na velocidade 2 para despachar.



Clica-se no botão uma vez e ela liga, automaticamente essa é a velocidade 1, mas se quiser a velocidade 2 é só voltar a clicar no botão. Para desligar basta clicar uma terceira vez.
Agora, em relação às perguntas que me fizeram, se funciona mesmo ou não. É assim, ela é excelente, facilita muito o trabalho da limpeza/esfoliação da pele, especialmente para quem anda sempre a correr e mal tem tempo para si (tipo eu), é uma ótima opção para poupar tempo mas deixar um trabalho bem feito.
Se substitui o trabalho das mãos? Para mim substitui, e até faz melhor! Com esta máquina, como não temos que esforçar-nos muito, conseguimos chegar a todos os cantos do rosto e garantir uma limpeza/esfoliação perfeita. E para quem é da lei do menor esforço, como eu, é uma excelente amiguinha.

O único senão (para não pensarem que não há defeitos), é que na velocidade 2 ela salpica um bocado (tipo água com produto de limpeza à mistura), mas também, a limpeza faz-se no wc, portanto, não há grande stress! Outra coisa é que não podemos pressionar muito a escova contra o rosto, porque assim ela deixa de rodar e não é eficaz.
De resto, é perfeita, acredito que é a melhor amiga de uma mulher preguiçosa, impaciente e apressada como eu, facilita muito a minha vidinha e eu adoro-a, pronto. É daqueles produtos que foi paixão à primeira utilização.
Confesso que, no início pensava "mmm será que isto resulta? será que faz um trabalho como deve ser?", mas com o uso fui tendo as minhas respostas: ela é simplesmente maravilhosa.



E pronto, espero que tenham gostado desta review, acho que é um bom investimento, visto que a Avon de volta e meia faz promoções nos produtos, portanto vale muito a pena.

Vemo-nos no próximo post, até lá amores!

Beijinho





quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

A mãe é que sabe || Deixar ou não deixar chorar?

Hoje trago-vos um assunto, um tanto ou quanto sensível, isto a propósito de andar a sofrer com choros e birras do Mateus a toda a hora, todos os santos dias. Não, não estou a exagerar, esta criatura é bem capaz de passar um dia inteiro a choramingar, com algumas crises de choro intenso pelo meio, e claro, a minha paciência vai-se diluindo durante toda a semana, até chegar ao fim de semana com a língua de fora e com vontade de recuar uns anos e deixar-me ficar por lá. Não é que não goste dos meus filhos, mas às vezes o cansaço é tanto que faz-me pensar num tempo que eu sei que não volta, enfim, adiante.
A questão que muitas vezes os pais colocam é, deixar ou não deixar o bebé chorar?
O senso comum diz que sim, que chorar faz bem aos pulmões e que não se deve mimar demais os miúdos porque eles habituam-se mal. A ciência diz que não, que não se deve deixar um bebé chorar devido às consequências do excesso de cortisol (hormona libertada pelo cérebro que é responsável pela resposta ao stress).
Para mim, a resposta é o bom senso.
Sendo mãe já de segunda viagem, a minha experiência ensinou-me que antes de pegar num bebé (quem diz um bebé diz uma criança de colo) assim que ele começa a chorar e andar a embala-lo de um lado para o outro, com a ânsia de o tranquilizar, deve-se ter em atenção algumas coisas no imediato a que eu chamo de hipóteses de nível 1: se tem fome ou a fralda suja. Estas são sempre as primeiras coisas em que se deve pensar e testar. Caso nenhuma das hipóteses se verifique, passamos às hipóteses de nível 2, ou seja, perceber se tem cólicas, se tem frio ou calor, se tem febre. Se ainda assim nada disto se verificar então passamos para as hipóteses de nível 3, e é aqui que entra o bom senso.
As hipóteses de nível 3 incluem o medo, a frustração, a necessidade de colo, de afeto, resumindo, as emoções, e lidar com emoções não é nada fácil. As necessidades emocionais de um bebé são tão importantes quanto as necessidades fisiológicas, e nisto não difere em nada dos adultos, muito pelo contrário, a única diferença é que essas necessidades num bebé são mais acentuadas por serem seres mais frágeis e dependentes de terceiros. Um bebé quando está carente ou zangado não pode simplesmente ir para um canto qualquer sozinho, enroscar-se numa manta e deixar-se estar até que passe.
Portanto, a resposta dos pais é muito importante sim, mas também é importante que eles eduquem a criança para a frustração. Vamos por partes.
Um bebé quando nasce, o único meio de comunicação que traz é o choro. É através do choro que comunica ao adulto de que está desconfortável, algo não está bem, precisa de ajuda. Mas também é preciso lembrar os pais de que um bebé é um "mini processador" de informação. A criança quando chora, comunica ao adulto de que precisa dele, e ao receber a resposta positiva (que é a satisfação da sua necessidade do momento) ela vai processar aquela informação para futuras necessidades, sejam elas quais forem, ou seja, a criança vai gravar a resposta do adulto como algo do género "ok, se eu fizer isto eu sei que a resposta que vou ter é esta", e à medida que o tempo vai passando a criança vai testando e absorvendo todo o tipo de respostas possíveis, e isto serve para as necessidades fisiológicas... e também para as birras. E é quando eles aprendem a fazer birras que a coisa fica preta.
Eu já vi crianças a fazerem grandes birras a tal ponto de chorarem e quase a sufocarem no próprio choro. E lidar com isto não é fácil, mas é possível ensinar uma criança a lidar com este tipo de frustração.
E como é que isso se faz? É com o tempo, com o educar, e isso começa desde cedo.
Costumo dizer que chorar nunca fez mal a ninguém, mas tudo tem um limite. Obviamente que não se deve deixar uma criança chorar até à exaustão ou até que sufoque no próprio choro, na esperança de que ela se acalme sozinha. É importante ensina-la a acalmar-se sozinha, daí ser importante que, por vezes, se permita à criança chorar com um semi-conforto, mas é igualmente importante que os educadores tenham atenção aos seus limites.
Um pai e uma mãe não são de ferro, ninguém o é, portanto, aguentar uma choradeira que dure mais do que 30 minutos, pode muito bem tornar-se insuportável. O meu conselho nesta situação é que deixem a criança com alguém de confiança, ou no caso de não terem ninguém por perto, deixa-la em segurança no berço, uns minutos apenas para poderem saírem do espaço onde estão com a criança e respirar fundo. Pessoalmente vou à janela, abro-a e respiro profundamente. Isto pode parecer banal mas resulta imenso, às vezes basta só isto para me acalmar e voltar com outra paciência.
Aquilo que adotei com o meu filho mais velho, e agora com o mais novo, é tentar acalma-lo quando ele está com uma crise de choro, falar com ele, explicar que eu estou por perto, que ele não precisa ter medo, que não me vou embora, abraça-lo, embala-lo um pouco e depois deixa-lo no berço ou na espreguiçadeira, nunca me afastando demasiado. Com o mais velho resultava na perfeição, mas com o mais novo a coisa não é assim tão easy (acreditem quando digo que, às vezes, quase enlouqueço com ele). Mas são temperamentos diferentes, é normal que assim seja.
Não vou dizer que já não me passei e o deixei no berço a chorar durante algum tempo e esperar que ele se acalmasse sozinho! Estar 24h com um bebé, não ter espaço nem tempo para poder respirar um bocadinho (sim, porque ele não é criatura de muitas sestas, faz sonos de passarinho), não ter praticamente contacto com o mundo exterior porque, de repente, as amigas esqueceram-se de que continuo a ser uma pessoa passível de comunicar, não ter tempo para comer decentemente porque ele não escolhe a hora a que chora, é bem normal que hajam dias com a paciência a níveis muito baixos, portanto, às vezes também faço birras feias.
Mas, por norma, a minha conduta passa por acalma-lo dando-lhe garantias de que estou por perto caso precise de mim, que o amo, dar-lhe mimo e colo, mas também ensina-lo a gerir as suas frustrações, a acalmar-se quando está irritado, de que não posso estar 24h ao colo com ele, e tudo isto envolve o choro porque, como eu disse antes, é o único meio de comunicação que ele tem, é a única forma de ele dizer "não aceito isso".
Eu conheço bem de perto pessoas que respondiam ao choro do bebé com colo, se ele chorava pelo que quer que fosse ela pegava nele e andava com ele pela casa um dia inteiro, se preciso fosse. Claro que eu não opinava, na altura eu não era mãe, mas já ali sabia que, a longo prazo, aquilo não ia correr bem. A verdade é que hoje, 9 anos depois, a criança não consegue acalmar-se sozinha, é uma criança que fica extremamente excitada quando algo não está de acordo com a sua vontade e não aceita um "não".
Portanto, é muito importante que os pais eduquem as crianças para lidarem com a frustração que existirá sempre na vida delas, quer na escola, quer nas suas relações interpessoais, quer nos seus empregos, até mesmo consigo próprias. E, por incrível que pareça, é desde o berço que essa aprendizagem começa.
As crianças são autênticas esponjas de informação, são nas trocas de mensagem - resposta que elas se desenvolvem e aprendem a gerir as suas emoções.
Resumindo e concluindo, há dias em que temos mais paciência, há outros em que quase enlouquecemos, às vezes as técnicas não funcionam e só queremos embalar os putos e manda-los para a Bolívia de férias, mas o importante é nunca esquecermos de que os miúdos de amanhã serão o fruto daquilo que fizermos hoje com eles, e claro, usar o bom senso é fundamental nesta aventura de ser pai e mãe.
Até para a semana!





terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Unhas || Esmalte da semana #5

Olá meuzamores!
Hoje trago-vos as unhas da semana (yuuuupi, finalmente tive um bocadinho para as minhas unhas!).



Este esmalte é da Catrice e é novo, pertence a um haul de janeiro que hei-de trazer brevemente (isto tem que ser devagarinho que sou eu que filmo, edito os vídeos e faço os posts). A cor é um rosinha bem subtil, parece um rosa quartz e é bem bonito.
Quando dei de caras com este esmalte apaixonei-me logo, eu tenho outro esmalte da Catrice e já sabia que eles, normalmente, têm boa cobertura e não desiludem, este é só mais um para a coleção. 
Apeteceu-me fazer umas unhas mais girly, é muito o meu estilo, sou uma eterna menina o que se há-de fazer (é tão bom estar quase com 28 anos e ainda me darem 20!). Um lacinho no dedo anelar e uns brilhantes no polegar deu um ar bem feminino às minhas unhas.





O esmalte é o nº 97 (pelo menos é o número que tem atrás) e custou apenas 2,99€ na Well's do Colombo. Estou in love com esta cor (ok, mas eu e os rosas é aquela coisa que já se sabe).

E pronto, é isto. Para a semana há mais, espero eu!

Beijinho amores





segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Receita || Panquecas de aveia

Olá meuzamooores!
Como estão? Bem?
E esse fim de semana de chuva e vento, passou-se bem? O meu foi passado em casa com os piolhos, até porque o mais novo está bem doente e logicamente eu também não me safo dessas maleitas, portanto estou igualmente meia adoentada, mas nada de mais, afetou-lhe mais foi a ele, coitadinho do meu xuxuzinho. Mas pronto, é sempre bom estar em casa, no quentinho, dar-lhes miminhos que também é importante.
Ora bem, por norma gosto de vos trazer à segunda feira uma receita de uma gordice que eu faça no fim de semana, mas hoje trago-vos algo diferente.
Esta receita vem na sequência da mudança que tenho implementado, a pouco e pouco, nos meus hábitos alimentares. Falo-vos das panquecas de aveia, de quem me tornei fã para um pequeno almoço saudável.
Eu retirei a receita do blog made by choices, mas alterei a receita.



Então vamos lá.

Ingredientes:

  • 170g de farinha de aveia
  • 1 ovo
  • 250ml de leite
  • pitada de sal
Preparação:

Não tem nada que saber, é só misturar tudo muito bem numa taça, untar uma frigideira com manteiga e ir colocando pequenas porções, virar a panqueca quando a parte debaixo já estiver cozida, esperar que a outra parte coza e depois é só tirar para um prato e colocar o que se quiser por cima.

Eu já experimentei várias coisas: mel, côco, iogurte de soja, fruta. Na foto coloquei iogurte de soja de baunilha, morangos e salpiquei com um bocadinho de chocolate de culinária derretido. 
Mas aqui a imaginação não tem limites, podem colocar o que quiserem.
São extremamente nutritivas, têm pouquíssimas calorias e são absolutamente deliciosas! Têm feito parte do meu pequeno almoço quase todos os dias.
Eu, como estou habituada a fazer a receita, já faço tudo a olho sem medir ou pesar nada (até porque, convenhamos, de manhã estou sempre em modo zombie portanto não tenho paciência para medições e rigores). Para quem está em contenção da calorias como eu, é uma excelente opção de pequeno almoço ou lanche, fica-se sem fome, não é sacrifício nenhum come-las e sacia durante muito tempo. Portanto, testem, provem e logo me digam o que acham.

Beijinho






domingo, 14 de fevereiro de 2016

|| O amor da tua vida és tu

Não importa se tens um namorado, um marido, um amigo colorido, ou se estás solteira, porque, babe, o amor da tua vida, aquele que te vai respeitar e amar para sempre és tu mesma.


Eu sei que hoje é dia 14 de fevereiro, dia dos namorados, vês coraçõezinhos por todo o lado, chove lá fora mas tens a impressão que ao invés de água, caem corações ranhosos por todo o lado, mas, oh babe, quantos deles são pesados? Quantos deles são só fachada? Quantos deles estão partidos? 
Eu sei que gostavas imenso de ter alguém que se ajoelhasse aos teus pés e te pedisse em casamento à grande, de alguém que te jurasse amor eterno ao ouvido, de alguém cuidasse de ti nos teus momentos mais frágeis, que te garantisse que tudo acabará bem. 
Eu também sei que neste dia gostavas que ele olhasse para ti de forma diferente, pelo menos uma vez por ano, que te levasse a jantar num sítio romântico, que se lembrasse das tuas flores preferidas, da música que fez parte da vossa banda sonora quando namoravam, que só por hoje te fizesse sentir especial, amada e desejada como outrora.
Mas tu podes ter tudo isso e muito mais! Podes vestir a tua melhor roupa, colocar o teu melhor batom, os teus melhores saltos e sair, ser feliz, porque tu não precisas de um homem para o ser!
O melhor que temos na vida somos nós mesmas, e isso não há quem nos tire. Acredito que não há nenhum homem capaz de nos amar mais do que aquilo que nos amamos, e se tentarem será sempre pouco.  
Por isso, põe um sorriso no rosto, não te entedies com os coraçõezinhos parolos que chovem por aí, amanhã é como se não tivesse sido nada, os frios continuarão a ser frios, os violentos continuarão a amar com porrada, os falsos continuarão a fingir, os infiéis continuarão a sê-lo, portanto, será tudo normal no resto do ano.
Mas tu... tu tens toda uma felicidade promissora pela frente. Tens o melhor amor que podias ter na vida, aquele que vive aí dentro, o amor por ti mesma. E esse é grande, enorme, tão grande que não te cabe no peito, por isso é que deves partilhar com os outros. 
Porque quando te amas, tudo está bem, nunca estarás sozinha, deprimida, nunca terás um coração partido. 
Queres melhor do que isto? Eu não. 


Feliz dia do amor, do teu, do meu, e de todas nós... mesmas. 

























sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Maquilhagem || Sugestão para o dia dos namorados

Olá meuzamores!
Tudo bem?
Como não podia deixar de ser, trago-vos uma sugestão de maquilhagem para o dia dos namorados.
Quero dizer-vos que este vídeo é especial para mim porque partilho também a minha evolução no delineado. Eu sei que ele não está certinho, que ainda tenho de continuar a treinar para que fique perfeito, mas eu não gosto de partilhar só as coisas boas como se tudo fosse perfeito e eu já soubesse tudo, também gosto de partilhar aquilo que sei menos mas que me esforço para aprimorar e saber mais.
Como eu costumo dizer, sou uma bebé a explorar um mundo que eu achava que nunca merecia explorar, o da beleza feminina.
Portanto, eu espero que gostem tanto como eu gosto de fazer vídeos para vocês. Acreditem que eu divirto-me imenso, especialmente na hora de editar porque vejo as figurinhas que às vezes faço, ahahahahah. É tudo para vocês, com muito amor.
Deixo-vos também as fotos, foram o melhor que consegui porque tirar fotos à noite é obra, mas mesmo assim deu pra editar um bocadinho as fotos, a pena é que se nota pouco as cores reais, parece que é toda escura, mas dei o meu melhor, Vou deixar também a lista dos produtos que usei para elaborar esta maquilhagem.















Produtos que usei:

  • Primer Revitalift Magic Blur da L'oreal
  • Base Revlon Colorstay
  • Pó solto da Flormar
  • Corretor Fit me da Maybelline
  • Eyebrow sculpit automatic pencil da Kiko
  • Blush Sigma Nightlife by Camila Coelho o HotSpot
  • Bronzer Natural da Rímel
  • Iluminador da Makeup Revolution no tom Peach Lights
  • Paleta Shadow Box da Urban Decay
  • Pestanas da Primark "Volume"
  • Eyeliner em gel da Inglot
  • Jumbo Milk da Nyx
  • Máscara de pestanas The Colossal Volum Express da Maybelline
  • Água Termal da Sephora
  • Batom rosa nº 519 da Kiko
  • Ah e o colar fui eu mesma que o fiz (só assim, naquela, pra divulgar ahahahah)



E pronto, é isto amores! Espero que gostem e que se divirtam imenso no dia dos namorados, o que importa é serem felizes.

Beijinho